Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sábado, 1 de janeiro de 2011

Numa corda bamba


Numa corda bamba
Tento me equilibrar
de um lado para o outro
Tentando me encontrar

A falta de equiíbrio
me ocorre por delírio
delírio de atenção
de repente já me vejo no chão

Mas a queda não me abala
a queda abre alas
abre alas pra eu me levantar
Levantar e continuar a andar
na corda tesa no ar
para lá e para cá
iquietamente a balançar

Um comentário:

  1. cara, que imagem tensa.

    quando a corda bamba em que estamos ainda acaba sendo um chão de espinhos a gente vai muito mais.

    como diria Charlie Brown do Snoopy

    "se aprendemos mesmo com os erros, eu sou a pessoa mais inteligente do mundo"

    ResponderExcluir

Ninguém é autossuficiente de pensamento.