Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

domingo, 12 de janeiro de 2014

O reino

Teus olhos carregam tuas mentiras.
Teu olho é uma mentira.
A bola de cristal
que descobre o mundo
e o engana em cada esquina.

Um jogo. Tudo para você é um jogo.
Um jogo de dados, uma aposta,
cartas ou moedas. Qualquer coisa
que envolva riscos, estratégias,
azar.

Nunca sorte. Azar.
Pra você não há sorte.

Tua sensatez é brutal.
Tua adaga perfura
no rolar dos dados.
É um jogo. A morte,
a adaga e a cegueira.

Vai, Cambria. Faz teu horizonte.
Teu sorriso é o tesouro mais secreto.

A sorte é a ausência do azar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.