Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sexta-feira, 14 de março de 2014

sexta

 Vic
O vegetariano londrino
que amola sua faca em granito
para escalpelar o boi.
cortar meticulosamente
cada músculo. aparar o sangue
que verteu à esmo
e grelhar os bifes
bem cortados
numa fogueira
de ossos.
O maratonista em coma
correndo contra seus medos.
Os que parecem errados
ao se ver no espelho.
E todos eles têm o mesmo nome,
a mesma cor de pele e os mesmos
sonhos.
Os rostos desfigurados, desfocalizados
pela câmera da inocência que ficou
na infância.
A falta de placas indicativas,
de bulas nos remédios, de letras
e semáforos.

Se minha biblioteca não tivesse livros
a vida talvez fizesse mais sentido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.