Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

caça-palavras com hífen

no meio da noite
nublada de solidão
caço teus olhos
de multidão.

eu sou uma pedra
fora do caminho.
uma página
de um adendo
que não tem errata.
1 erro.

e a multidão me foge.
fede, tudo fede.
mas a multidão
ela apenas me foge.

2 comentários:

  1. Você é um livro inteiro, desses que não quer largar, nem emprestar, que se lê, lê, pelo prazer e no intuito de algum dia entender. É tudo tão surreal de bonito por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Em cada palavra parece ter uma vida inteira. Intensidade e doçura.

    ResponderExcluir

Ninguém é autossuficiente de pensamento.