Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

domingo, 22 de março de 2015

torta de limão

e de dentro do meu universo
estático, observo a expansão
que não tem assinaturas,
cabelos, sejam curtos ou longos,
não tem paciência também.

toda a camada instável de nós,
boiando no infinito decante
dos outros e dos outros
dos outros. parece que
também não somos nós.

os botões dos dispositivos estão conectados
com partes de outros seres,
que repetem palavras
como se a calçada fosse a paz.

mas a calaçada só observa as quedas,
os chicletes em que pisamos e a chuva,
que cai como se soubesse que há sentido.
talvez, no meio de toda essa sabedoria
que não possuímos, quem sabe de tudo
e vá nos ensinar
é o chão.

esse em que pisamos. em que vivemos.

2 comentários:

Ninguém é autossuficiente de pensamento.