Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Épitáfios #1

Talvez quando eu morrer tenha um descente, enquanto isso eu faço por encomenda:
"Aqui jaz
uma flor
que morreu sem dor
que morreu sem paz"

"Aqui jaz um belo menino
assassinado pelas costas
pelo Sr.Destino"

"Aqui jaz uma menina
morta tragicamente
numa enorme chacina"

"Aqui jaz uma animal
encontrado morto
na mata do matagal"

"Aqui jaz o João
que vivia acima do céu
e agora abaixo do chão"

" Meu corpo não aguenta tanto
não aguenta a dimensão do meu pranto
Agora usarei somente
minha vaga e embaraçosa mente"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.