Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Sina do pescador de sorrisos

               I

E no mar aberto ao sol
abro meu peito e caminho
caminho no sal só
caminho no sal sozinho

Nas ondas de meus calcanhares
desenhei esta praia terna e bela
Nas gotas de meus olhares
desenhei as curvas
desta praia donzela

E quando o crepúsculo vier
não haverá marcas deste amor
e as ondas esquecerão
do dia que foram mulher
daquela tarde de calor


             II



Agora já não caminho solitário
na gotas de sal que alguém me deu
já não estou só nesses passos ordinários
Neste universo já não sou só eu

Somos duas estrelas
que entram juntas no mar
Somos duas pequenas estrelas
e tentamos nos juntar
Pra brilhar mais bonito
no horizonte infinito
que tentamos nos eternizar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.