Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sábado, 13 de julho de 2013

Janeiro

Aprendi com o tempo
que se deve apreciar as cores 
antes que o tempo 
as apague
com sua força habitual

Com sua força anormal
ele muda as cores

Tenho medo 
de fechar os olhos
e de perder
as melhores cores
de meu tempo

Tenho medo de morrer
e de não mais ver
as cores 
entre o dia 
e a noite
entre a noite 
e o nada

Minha visão é vermelha
talvez seja do sal

já não sei.

2 comentários:

  1. Ainda há muitas cores para serem vistas e descobertas, antes que tudo se perca no breu da inexistência.

    ResponderExcluir

Ninguém é autossuficiente de pensamento.