Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

B.

uma a uma.
as farpas
que moram
em meu corpo
vão saindo
calmamente.

é seu olhar
que me condena.
me alucina e me cura.

as estrelas parecem menos distantes
se é você quem quer pegá-las.

A verdade é a minha sina.
está no meu rudimentário
este preceito básico.
E lá se lê também
que eu cuido das flores
que odorizam meu ambiente.

sou adubo, querida.
mais uma vez, para você
 sou adubo.

Um comentário:

Ninguém é autossuficiente de pensamento.