Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O Tricô de monalisa*

nós por nós
e a vida se desata
olho por olho
e ninguém verá
o que está
em baixo do nariz
narina por narina
e ninguém
sente o cheiro
da morte

boca a boca
e eu também
já tive fome.

Eu não tenho medo
do que pode vir a ser
Meu passado é
lar dos fantasmas
e eu também
já senti fome

Em cada esquina
eu sinto a dor
de ser maior
do que já fui
e fui embora
de mim e dela.

Eu não tenho medo
dos mortos
que eu mesmo matei.
Não choro
não corro
não vejo
e não morro.
Criei anticorpos

Um hospedeiro
, um parasita.
Um amor enfermo

*Setembro de 2012

2 comentários:

Ninguém é autossuficiente de pensamento.