Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sábado, 24 de maio de 2014

ilha

Dentro de tantas palavras
vãs sonhadoras, nós nos sorrimos.
Não nos amamos na carne,
no seio exposto sob a escuridão
do quarto semidesconhecido
, sob o olhar
inquisidor dos livros da tua estante
, nos parque aos domingos,
tomando sorvete e apreciando o sol.

E dentro de nossos próprios sóis,
vãos sonhadores, dizemos que não.
Omitimos o erro. Salvamo-nos.
E nos assassinamos no mesmo sorriso.
Sorrisos banhados em lágrimas.
Essa natureza não é bem nossa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.