Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Minimal

Sob o silêncio
O toque do mínimo
Altera os astros
Direcionamentos
E estradas.
Tem gente
Que calado
Fala a mesma língua.
Tem gente que em silêncio
Chora as mesmas mágoas

Tem gente com as mesmas cicatrizes.
E tem gente que corta um ao outro.
Para parecer que a poesia do mundo
Ainda sobrevive.

Sob o silêncio,
Falamos todos a mesma língua.
Ininteligível.

Um comentário:

Ninguém é autossuficiente de pensamento.