Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sexta-feira, 13 de março de 2015

rebobi9

na medida do passado e do presente,
que se esvai com o tempo e o dinheiro
a solidão se desfaz em mil facetas
que se mesclam com palavras nunca ditas
dinheiro jogado ao ar, descontos à vista
e mergulhos no mar salgado de domingo.

como se a multidão fosse fera imaculada,
destemidamente infantil, repito as palavras
recompostas sob métrica, esbarrada por homens,
desconexa razão que ainda permuta pelos lábios,
distante, mas próximos. próximos segundos, já contados
esgarrados. tudo está desabando, inclusive tudo
que você achou que era inabalável,
concreto e impenetrável.

e tu onde vai se esconder no meio de tudo?
no meio de tudo você.
observo do trono em que me sento
o tempo passando
e um riso, enterrado
em vala comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.