Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Manto umbilical

Ela é água turva
que não me deixa colher o ouro
 
Nas noites que eu corro de mim,
ela aparece e me traz de volta.
Nos dias em que eu me encontro comigo,
ela me afasta silenciosamente do mal.
Somente sigo o fluxo do rio.

Ela é ouro, mulher,
margem e rio.
Tudo isso
em apenas
um sms.

6 comentários:

  1. Quase nos apaixonamos por ela, com essas palavras.
    Prazer conhecê-lo! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me conhece quem me lê. Esse foi um bom começo, guria.

      Excluir
  2. Pode dar ela pra mim?


    Saudades.
    De lê-lo. Ver teu rosto (mesmo que por esta foto que eu ja decorei os traços).
    Ontem a noite lembrei de ti. Onde estaria? Ainda escreve? Será que tem uma namorada? Enfim, senti falta de tuas palavras.

    Na montanha russa que é minha vida, eu sumi. Me perdi. Encontrei outra Laisa. Odiei-a e a abandonei. Resolvi buscar tudo que amava e havia perdido. Como o contato com você.

    Um beijo, ...daqueles fortes que criança dá quando a gente pede.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois eu mudo a foto. Aí você terá novos traços pra decorar.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigado, Reticente. às vezes é pelos leitores que tenho que posto algo. É lindo ver que alguém gosta do que você escreve.

      Excluir

Ninguém é autossuficiente de pensamento.