Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

casas de praia

Há placas pelo caminho,
mas nossos instintos nos cegam.
Há setas, direções, indicações,
paradas e faixas de pedestre,
mas todas as dúvidas do mundo
ainda assolam o poeta.

Meus pés sofridos,
minhas mãos hábeis.
Queria pisar no meu passado.
E acariciar sua barba.
Não. Eu não te amo.
Não é você que alimenta meus desejos.
Mas tens trilhado seu caminho
em meio aos meus cabelos,
que andam crescendo
lentamente.

Há placas nessa estrada,
mas todas derrubadas
pelo vento.


Um comentário:

  1. Eu gosto muito do que você escreve. O dia aqui é de chuva e tristeza. E essas duas frases não tem conexão alguma uma com a outra, exceto a dívida de falar contigo sobre as coisas!

    ResponderExcluir

Ninguém é autossuficiente de pensamento.