Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Vírus

há uma doença em meu
corpo. ela se esvai aos
poucos pelas falhas da
minha barba, pelo calor
da febre em minhas vestes,
pelo pus das minhas espinhas
e pelo sangue que cuspo
nos acessos de tosse que
chegam ao fim da tarde.

talvez a cura não tenha
sido descoberta. dores.
um desejo interno de
soro na veia e cama.
um desejo de paz. se
houvesse uma janela,
eu a fecharia neste
momento. mas não há.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.