Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

vodca do riso

  à Bu

meu maior defeito
foi ter nascido eu.

eu.

o ponto flutuante do universo
que tende ao infinito poço
da desesperança.

a vacina da vida besta,
o odor das flores mortas.
euzinho, cheio de metáforas.

tão incompleto
que faz dos outros
uma extensão.

cita personagens
para descrever
a si.

Ed, Daniel, Sophie.
Julian, Hazel, Melaine e Liesel.
Dom Casmurro e Capitu.

eu.

um nome à esmo,
que não conhece
os mecanismos
de localização.

um joão solto no ar.
sem rimas nem asas.

Um comentário:

Ninguém é autossuficiente de pensamento.