Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

quinta-feira, 20 de março de 2014

A esfera II

Deus em sua máquina de escrever,
manipulando os dados do sistema.
Em meio às pilhas e pilhas
de arquivos não processados,
uma folha destaca meu rosto.
Sem dados importantes,
feitos grandiosos ou qualquer
informação interessante.

E eu sigo pelas avenidas
entupidas de carros
impuros. A poeira da
estrada reflete no que
chamariam de alma.
Mas e aí?
Qual o meu incrível superpoder?

Memória impecável para coisas
que me ferem. E uma extraordinária
capacidade de entender o sofrimento
alheio.

Num misto de problemas e soluções,
numa quimera de diluições,
visto minha fantasia de homem
e parto para o mundo,
como se o sentido estivesse lá.

Mas eu ainda estou aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.