Páginas

Quem sou eu

Minha foto
Sou um mensageiro. E por muitas vezes sou também a mensagem.

sábado, 1 de março de 2014

Pupilo dos braços

para Hani

Decrépita lápide do mundo.
Amola com sagacidade a minha
lâmina.
Saudoso espadachim do nada,
já não tem o que cortar
além dos próprio muros.

Imagina em seus próprios medos
e em seu espírito resignado
a alma dos inimigos inexistentes.

A luta é sempre contra si.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ninguém é autossuficiente de pensamento.